Agrupamento de Escolas Padre Bartolomeu de Gusmão

Escola Josefa de Óbidos

 

 

 

Calendário Escolar 2018/19

consulte aqui o Despacho n.º 6020-A/2018 (calendário escolar 2018/2019)

 

 

Decreto-Lei n.º 55/2018

novas matrizes curriculares definidas no DL n.º 55/2018

Portaria n.º 223-A/2018

regulamentação do currículo e da avaliação no ensino básico

Portaria n.º 226-A/2018

regulamentação do currículo e da avaliação nos Cursos científico-humanísticos

Aprendizagens Essenciais do Ensino Básico

Despacho n.º 6944-A/2018

Aprendizagens Essenciais do Ensino Secundário

Despacho n.º 8476-A/2018

 

 

 

 

 

consulte aqui os manuais para o ano letivo 2018/19

 

 

 

 

 

 

Marcação de almoços e consulta de consumos em SIGE3. Antes de selecionar o ícone, consulte aqui o guia de acesso.

 

 

A avaliação e a assiduidade dos alunos à distância de um link

 

Está disponível no site do Agrupamento o acesso à plataforma Inovar, onde poderá encontrar os registos de avaliação e de assiduidade dos alunos da Escola Josefa de Óbidos. Antes de selecionar o ícone de entrada na plataforma, consulte aqui o guia de acesso.

 

agenda das nossas visitas de estudo

(cunsulte aqui)

 

 

 

 

Durante o mês de outubro, decorrem na BEJO atividades comemorativas do Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Foram organizadas visitas guiadas à biblioteca para os alunos novos - «Uma viagem pela BEJO» - e sessões de introdução às TIC - «TIC iniciação», bem como jogos alusivos a obras estudadas.  Fomos também à procura dos grandes leitores de 2017/18.

 

Quem leu mais? Que turma leu mais? Qual o livro mais lido? ss

(consulte a página da BEJO)

 

 

 

Desafio Geográfico na BEJO

 

A biblioteca inaugura já neste mês de outubro o passatempo Desafio geográfico do mês , que está aberto a toda a comunidade educativa.

O passatempo consiste em observar uma imagem-desafio exposta à entrada da biblioteca e pôr à prova os conhecimentos geográficos, preenchendo uma pequena folha de resposta.

Participem!

 

 

Atividades do ano letivo 2017/18

 

Autorretratos - Projetos de Pop Art

 

 

(trabalhos realizados pelos alunos dos 7º e 8º anos de Oficina de Artes

da professora Teresa Verdier)

 

Música na Escola

 

 

 

Quando a música clássica vai à escola para deixar lá o "bichinho" from Público on Vimeo.

 

 

 

Livro Livre - Mini Biblioteca por um dia

 

 

 

 

No dia 20 de Abril, às 9h, esteve presente na Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos, o Comandante António Almeida de Moura, oficial da fragata Almirante Gago Coutinho, a qual, no 25 de Abril de 1974, se recusou a cumprir as ordens para disparar sobre as forças militares comandadas por Salgueiro Maia que se encontravam no Terreiro do Paço.

 

 

Alice Vieira na Escola Josefa de Óbidos no dia 13 de Abril

 

 

 

 

representação dos "Herdeiros da Lua da Joana" pelo 10º B

 

António Fontinha, contador de histórias , na Biblioteca da Escola

 

 

"O Lixo é Arte"

Educação Visual - 9ºA/B/C/D/E

 

 

HISTÓRIAS CONTADAS

AOS ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO

 

 

desenho de um aluno da sala 2 da EB/JI Rainha Santa Isabel

 

 

 

Artefactos do Museu

uma nova exposição no átrio da Escola Josefa de Óbidos

(visite a página do Museu)

 

 

 

 

 

Foi publicado no n.º 670 da revista "Labores del hogar" uma notícia sobre o museu da nossa Escola. O Museu da Escola Josefa foi criado no ano em que a Escola Secundária Josefa de Óbidos comemorou o seu cinquentenário 2002. A sua abertura representou o culminar de um projeto antigo mostrar à população escolar e à comunidade as obras que se produziram na escola desde a sua fundação e o seu património artístico mais relevante pintura, desenho, cerâmica, bordados, tecidos, rendas, tapeçaria, mobiliário. O Museu foi encerrado em 2007 e o seu espaço foi circunscrito a um armazém e a uma vitrina que se encontra na entrada da Escola, na sequência das obras realizadas pela Parque Escolar (mais informação no site do museu).

 

 

 

Josefa de Óbidos

 

 

 

Josefa de Ayala e Cabrera é uma pintora barroca do século XVII, filha do pintor português Baltazar Figueira e da espanhola Catarina de Ayala Camacho Cabrera Romero. É o exemplo singular de uma mulher que, a partir dos ensinamentos do pai, se destacou numa forma de arte monopolizada pelos homens - a pintura. Possuidora de uma apurada técnica, reflectiu nas suas telas as experiências de luz e sombra e de pintura de naturezas mortas que foram desenvolvidas pelo barroco e deixou um património único de representação da doçaria e das artes portuguesas.

 

consulte aqui, na página do Museu da Escola, informação sobre a pintora portuguesa

 

 

 

Catálogo da exposição realizada no Museu Nacional de Arte Antiga em 1949, rubricado pela professora Clementina Moura, mulher do pintor Abel Manta, que se encontra no espólio da Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos.

 

Copyright © 2014 by RV